Ninguém gosta de ser demitido, ainda mais em uma época de crise como a que estávamos vivendo, uma demissão acaba mexendo com todo o nosso planejamento e acaba sendo extremamente prejudicial para a vida de qualquer pessoa. Mas, caso a demissão for feita por justa causa, esse cenário é ainda pior, já que se perde o direito a todos os benefícios, como seguro desemprego, indenização da empresa, FGTS e outros direitos, os quais, os trabalhadores possuem garantidos por lei.

Demissão por justa causa

Demissão por justa causa

Além disso, fica manchando a carreira do trabalhador, já que ele foi demitido por algo muito grave que ele cometeu, isso acaba atrapalhando a busca por novos empregos.

Por isso, a demissão por justa causa acaba sendo duplamente ruim, já que além da perda do salário mensal, a pessoa que for demitida dessa maneira não terá nem subterfúgios para conseguir se manter.

Motivos para Justa Causa

Assim, esse texto vai falar quais as causas que levam alguém a ser demitido por justa causa, para que voce as evite e isso não aconteça em seu trabalho. Acompanhe comigo.

Justa Causa por Indisciplina

Uma primeira causa que pode levar a uma demissão por justa causa, são atos de indisciplina, por exemplo, brigar com algum colega de trabalho ou com o seu próprio chefe. Xingar o seu superior, ter comportamentos frequentes inadequados com as regras da empresa.

Enfim, são vários atos que podem render uma demissão por justa causa, por causa de indisciplina, por isso, é preciso se manter atento as regras e nunca as desrespeitar

Justa Causa por Embriaguez Habitual ou em Serviço

Outro caso clássico, o qual, pode levar a uma demissão por justa causa, é o funcionário que bebe durante o horário de trabalho ou chega ao seu emprego bêbado, afetando o seu rendimento e a imagem que a empresa tem.

Isso na justiça, pode ser considerado uma boa razão para a demissão, sem precisar pagar nenhum tipo de benefício ou ter que justificar o comportamento inadequado do funcionário. Por isso, aproveite bem os momentos de folga, para nunca chegar ao emprego sem estar em condições normais para trabalhar.

Justa Causa por Violação de algum segredo da empresa

Um terceiro motivo, o qual, pode levar alguém a ser demitido por justa causa, é a violação de algum segredo que a empresa tenha.

Por exemplo, para quem trabalha em uma fábrica de carros e conta ao concorrente como será o novo lançamento, isso é uma causa clássica de demissão por justa causa, já que afeta diretamente a inovação e o trabalho de todo um ano, prejudicando os lucros que a empresa poderia ter e ainda ajudando um rival.

Justa Causa por Faltas frequentes sem justificativas

Por fim, um último caso para demissão por justa causa, é se o funcionário faltar frequentemente ao trabalho, sem avisar os motivos da sua ausência e nem dar explicações plausíveis quando questionado a esse respeito, o que leva a empresa a demiti-lo por justa causa e cortar os seus direitos trabalhistas.

Esse texto falou um pouco do que leva alguém a ser demitido por justa causa, o que pode ser bem ruim para a carreira de qualquer pessoa, por isso, esses atos relatados acima devem ser evitados de todas as formas.

Consequências da Demissão por justa causa

No caso de dispensa por justa causa, o trabalhador terá apenas direito a receber o saldo do seu salário do mês pendente, e o valor referente às suas férias vencidas e pendentes.

Caso seja demitido por justa causa, o trabalhador perde o direito ao aviso prévio da demissão, além de sofrer com uma multa de 40% sobre o saldo do FGTS, perde o direito a sacar o fundo de garantia devido, e não poderá pedir o seguro desemprego

Artigos Relacionados

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...